sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Carnaval 2012 - Associação Universidade de Samba Boêmios do Laguinho

Enredo: Laguinho, África Minha: Cantos e Revoadas de Dois Poetas Geniais
Compositores do Samba: Vicente Cruz e Ademir do Cavaco
Letra:


Canta Laguinho... ô diá
África minha nesta festa da canção
Um caso de amor
Orgulho e paixão
Cantar e revoar desta nação

Num sonho atravessou o grande mar
O navio da canção
Trazendo um canto pra fazer o pau quebrar
Bálsamo que inebria este chão
Balé de luz que me seduz
Tumucumaque de emoção
Pedra negra, jurupari
Filho de Oxóssi em oração
Laguinhar é preciso, Fernando diz
No meio do mundo eu sou feliz!

Voa, voa meu guará
Voa neste céu de norte a sul
Sou menino do Laguinho
"Marabaixo", sou do samba
Sou assim como Raul

Boêmio traga em rima, o violão
Todas as flores, açucena é coração
Curiau, Kizomba do amanhã
Pedra do rio, a minha fé,
Osmar canta meu tarumã, tarumã
Mulheres do igarapé
Lava amor, esta paixão
Sou semente
, sou raiz
Poeta, embaixador desta nação


Postar um comentário